Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Recomeço Lee Jian Yin 628 13/03/2020 às 16:50:15
22/02/2020 Duncan Cullen 953 22/02/2020 às 15:27:50
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 5049 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 4482 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 5557 08/09/2018 às 18:24:13

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Slug & Jiggers' Apotecário

Moderadores: Conselho Internacional, Confederação Internacional dos Bruxos, Special Confederação Internacional dos Bruxos

Re: Slug & Jiggers' Apotecário

MensagemJapao [#196618] por Haru Kobayashi » 07 Fev 2020, 09:31

  • 12 Pts.
  • 10 Pts.
  • 135 Pts.
Imagem


Ele queria ter um trator naquele momento. Não para atropelar todo mundo da fila, sua índole não era essa, mas para remover eles dando um baita susto e ficar com a vez do primeiro. Estava com pressa e nunca havia visto um apotecário tão lotado em toda a sua vida. E olha que já havia conhecido apotecários em diversas partes do mundo! Nem os chineses eram tão cheios, diga-se de passagem! Seus braços estavam cruzados, segurando firme com a mão o frasquinho novo de antídoto para que não caísse. Os pés tamborilavam o chão como se aquilo realmente fosse ajudar a fila a andar mais rápido. Não iam. Ninguém se importava de verdade se ele estava com pressa ou não.

Era incrível como os segundos pareciam se transformar em horas quando tudo o que se queria era que o tempo andasse logo. Esperar era, sem sombra de dúvidas, a coisa mais irritante da face da terra! Quando Haruno achou que não poderia piorar, eis que o estorvo que era o causador de todo aquele transtorno se pôs parado atrás de si. Era tão irritante que ele já não sabia mais se estava p*to daquele jeito pela espera em si ou por ter de esperar com ele. Haruno estava ficando paranóico. Sentia que o ser irritante prostrado atrás dele estava com os olhos pregados em sua pessoa. Aquilo o agoniava. Conseguia sentir até mesmo a respiração dele em sua nuca. E aquilo o arrepiava. De raiva. Será que a menina do caixa não podia andar mais rápido não?

Mas, depois que finalmente chegaram no objetivo, Haruno se perguntou se realmente havia sido uma boa ideia estar ali no caixa. O projeto mal acabado de filho de satanás que o incomodava esse tempo todo resolveu que era uma boa ideia passar o braço ao redor de seu ombro e dizer que estavam juntos. Quem era imbecil ao ponto de acreditar naquela mentira? Eles tinham acabado de brigar em alto e bom som no balcão! Haruno estava tão vermelho que provavelmente arrancariam sua pele para fazer uma tapeçaria para a Grifinória em Hogwarts.

Ele estava tão p*to, mas tão p*to que nem sequer conseguiu proferir uma palavra que fosse. Seu corpo tremia como o de um cachorro pequeno demais para ter alguma chance contra o oponente que mais odiava na vida. Ele disse, mais uma vez, não ter culpa da queda do outro frasco de antídoto. Ele ia abrir a boca para falar algo, mas o encosto pediu para que Haruno o deixasse ajudá-lo. — MEU OVO! — Ele o empurrou de leve, mas obviamente irritado. — Eu não vou ficar aceitando caridade de gente como você. Foi você sim quem me fez derrubar o frasco e a culpa é sua! Mas se você não admite isso e acha que está fazendo uma caridade pra mim eu não vou permitir que pague nem um centavo! E... — Ele foi interrompido pela menina do caixa que agradeceu a preferência e pediu para que ambos voltassem sempre. Ela deve ter percebido o ponto de interrogação que se instaurou em seu rosto, pois sorriu de forma doce logo antes de explicar. — A despesa dos dois já foi paga. Agora, por favor... Poderiam se retirar da loja para que a fila possa andar de uma vez? — O estabelecimento inteiro explodiu em palmas. E Haruno não sabia onde enfiar a cara.


Interação com: Nagato Kurosaki e a tia do caixa ♥
Imagem
Haru Kobayashi
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Panuwat Kerdthongtavee (Ccopter)
 
Reg.: 21 de Dec de 2018
Últ.: 09 de Apr de 2020
  • Mensagens: 37
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 12 Pts.
  • 10 Pts.
  • 135 Pts.

Postado Por: Nick/Pinscher.


Re: Slug & Jiggers' Apotecário

MensagemJapao [#196643] por Nagato Kurosaki » 08 Fev 2020, 21:26

  • 3 Pts.
  • 13 Pts.
  • 66 Pts.
[JIGGER - O TIO DAS ERVAS]


    Manter a calma numa discussão não planejada era essencial, ainda mais quando não conhecia a pessoa. Não que Nagato fosse sentir medo, o problema era que poderia acabar perdendo sua razão. Ele odiava ter que brigar com pessoas no meio de qualquer lugar, seja na rua, loja, nem em casa ele brigava. E olha que seus irmãos se esforçavam com afinco para deixar seu cabelo branco como o do Jiyraia-sensei, seu sannin lendário favorito. Principalmente Yamato, que era estabanado demais. Mas, quando lhe acusavam de algo que não fazia, ele costumava agir mal. Mal do tipo, querer brigar. Não era o excelentíssimo ninja, nunca enganaria o Itachi num genjutsu, até porque, perderia feio para o Itachi, mas que ele sabia dar uns socos, ele sabia.

    O grande problema era que ele havia gostado tanto do rostinho do senhor irritadinho à sua frente que não teria coragem de tocar em um fio de seu cabelo. Até porque, o modo como ele ficava estressadinho o lembrava do Shizuo, de Durarara. Nagato se sentia num live action do anime, mas, para o seu azar, era um figurante qualquer que havia cruzado com o Shizuo. Seus ouvidos estavam começando a ficar doloridos. Outra vez o rapaz o empurrou, fazendo o Kurosaki suspirar profundamente, esfregando o rosto com as duas mãos. — Você quer parar com isso? — Contudo, ele mal começou a retrucar as palavras do filhote de anão à sua frente quando a atendente interrompeu a sua chance de falar. As despesas estavam pagas e por isso, não precisavam mais ficar ali. Sim, eles estavam sendo expulsos da loja.

    Aquilo era mais humilhante do que nunca assistir Naruto. Ser expulso de um lugar e ainda estar sendo acusado de algo que não cometeu. E se aquilo era ruim, o que aconteceu depois era muito pior. As pessoas que estavam na loja começaram a aplaudir a atitude da moça do caixa. Isso fez Nagato erguer a cabeça, encarar o teto com uma das mãos na cintura. Ele estava muito puto. Mas, não deixaria transparecer. Não, nada disso. O medibruxo sorriu e colocou a sacola contra o peito do rapaz, ele querendo ou não tinha que segurar. Existia um ditado que “se não pode pará-los, junte-se a eles.” E foi exatamente isso que ele fez assim que guardou a sacola de coisas que havia comprado na sua cabaça do Gaara. Em seguida, rumou em direção à saída do estabelecimento, mandando beijos para todos que o aplaudiam.

    — Foi um prazer estar com você… que isso, assim eu vou ficar com vergonha. — Comentou, fazendo charme enquanto tocava os dedos indicadores um no outro que nem a Hinata quando vê o Naruto. Aquelas foram suas últimas palavras dentro do estabelecimento. A réplica de diabrete da Cornualha que havia começado toda aquela discussão saiu logo atrás de Nagato e dessa vez, não segurou sua língua. — Está satisfeito? Porque tudo isso aí foi culpa sua. — Ele cruzou os braços e esperou que ele falasse. Nagato queria seu pedido de desculpas. Mas, ele achava que seria mais fácil o Togashi voltar a escrever Hunter x Hunter do que isso acontecer.

With: Haru Kobayashi.

[4]
Imagem

Spoiler: Mostrar
Imagem

Spoiler: Mostrar
Imagem
Nagato Kurosaki
Funcionário do Hospital TvH
Avatar do usuário
Kimmon Varodom Khemmonta
CHALA HEAD CHALA!
 
Reg.: 15 de Aug de 2019
Últ.: 08 de Apr de 2020
  • Mensagens: 105
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 3 Pts.
  • 13 Pts.
  • 66 Pts.

Postado Por: Lay.


Re: Slug & Jiggers' Apotecário

MensagemSuica [#198199] por Summer Saint-Croix » 26 Mar 2020, 10:33

  • 4 Pts.
  • 7 Pts.
  • 18 Pts.
Nível 04; #1.5
Aula/Oficial/Particular
Achats de potions

Desde o início do estágio no hospital francês, Summer tinha vasto acesso ao almoxarifado do hospital, mas, não precisaria pegar emprestado em um pequeno contrabando para Beauxbatons. Estava trabalhando e ganhava pelos seus serviços, talvez fosse hora de crescer um pouco e fazer as coisas do jeito certo, ou do menos errado, dependendo da situação. Durante o feriado de natal, entre tal data e o ano novo, pediu ao tio - que já possuia sua guarda - para que fossem até o beco diagonal, pois ela precisava estocar alguns materiais que estavam acabando. Tendo a permissão, seguiu com seu primo, que no fim, não achava tão chato assim. — Você tá brincando né? É sério que vocês fazem isso em Durmstrang? Você precisa me ensinar a lutar! — Comentou empolgada ao ouvir detalhes sobre a escola nortenha enquanto caminhavam pelas ruas do mercado mágico.

Summer e Rémy acabaram desenvolvendo uma amizade legal, algo que, muitas vezes, se espera de primos. Por estudarem em lugares diferentes, a maior parte de seus encontros se resumia a contar o que aprendiam e as peculiaridades de cada instituição, o que faziam de um jeito descontraído, quase como dois irmãos. — Precisamos duelar um dia. — Constatou, abrindo a porta do apotecário, fazendo a sineta tocar. Uma vez do lado de dentro, permitiu-se ficar estupefata por alguns segundos. A variedade de coisas era enorme, potes com as mais diferentes substâncias e ingredientes exóticos. O lado nerd de Summer simplesmente reapareceu, encantado com tantas coisas. Seus pés a levaram até uma prateleira cheia de penas, atraídos por uma em especial. — Isso aqui é pena de Dedo-Duro? — Seus olhos brilhavam enquanto questionava Rémy. — Li que é um dos ingredientes mais difíceis de conseguir, quando produzindo o Veritaserum. —

Estava animada, sim, mas o primo a lembrou de ter foco, ainda precisavam passar em muitos lugares antes de encontrar os adultos para almoçar. A suíça concordou, colocando a pena de volta no lugar e se dirigiu ao balcão com sua lista que nem era grande. Tinha planos de treinar poções com mais afinco, fora do clube de medibruxaria, mas precisava dos itens básicos, afinal, sempre usou os cedidos pelos medibruxos da escola. Um caldeirão simples, já que o seu estava bastante velho e queimado após três anos e meio e um conjunto de frascos. Talvez devesse comprar alguns ingredientes também, então vasculhou em sua mente tentando lembrar todos os ingredientes da poção de Ditamno, que estava praticando sozinha, e solicitou os ingredientes, o que fez o vendedor questionar. — Estagiária de medibruxaria no Hospital Bruxo Francês e estudante de Beauxbatons. — Respondeu orgulhosa ao ouvir a pergunta de como uma pessoa tão jovem seria capaz de preparar tal poção.

Uma vez com seus itens, pagou por eles e agradeceu ao vendedor, antes de sair com Rémy para outra loja, ainda precisava comprar um conjunto de facas.

Ariel Jones - Esther Jones - Dorothy Clutterbuck - Marísol Santiago - Robin LeFay - Timothée Droiturière - Venus Rossa

Imagem

Spoiler: Mostrar
Imagem
Imagem
Imagem
Summer Saint-Croix
5° Ano Morrigan
Avatar do usuário
Felicity Jones
Le feu tombera!
 
Reg.: 08 de Jan de 2017
Últ.: 07 de Apr de 2020
  • Mensagens: 264
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 4 Pts.
  • 7 Pts.
  • 18 Pts.

Postado Por: Bia.


Anterior

Voltar para Beco Diagonal

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante