Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 3125 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 2601 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 3687 08/09/2018 às 18:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 2787 08/09/2018 às 18:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 2717 08/09/2018 às 09:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Estados Unidos Gio McAlister [ 17559 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Gio McAlister
  • Funcionário do Hospital TvH

  • Funcionário do Hospital TvH

  • NOME COMPLETO

    Ambroggio Demetrius Mcalister

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,83m

  • PESO

    86kg

  • OLHOS

    Azul Claro

  • CABELOS

    Loiro Claro

  • SEXO

    Masculino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Homossexual

  • IDADE

    17 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    05/08/2000

  • SIGNO

    Leão

  • NOME DO PAI

    Christopher Mcalister

  • NOME DA MÃE

    Niméria Mcalister

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Mestiço

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Ohio/Estados Unidos

  • NÍVEL

Deveres, obrigações. Sono. Eu nasci para algo além disso. Embora não faça a menor ideia ainda do que seria esse "algo". Gostaria de saber, para falar a verdade. Eu sempre invejei aqueles com destinos traçados desde a infância, que sempre souberam o que seriam da vida... Eu com 13 anos ainda tinha dificuldades em amarrar meus tênis. Agora você deve estar aí pensando "Como raios alguém que não sabia amarrar os tênis aos 13 anos pode estar destinado a algo grandioso?" Aí eu te rebato a pergunta, meu caro e desavisado amiguinho... O que tem a ver com a situação? As dificuldades que uma pessoa enfrenta são extremamente relativas. Eu sempre tive tudo. Tudo. Talvez tudo e até mais um pouco. E, bem... Acredito que esse seja o grande ponto de todos os poucos problemas que tenho em minha vida. As pessoas não me deixam fazer as coisas sozinho. Como eu iria aprender sem tentar?


Exceto meu irmão. Meu irmão mais velho e problemático Allastor. Ele parecia o único a se preocupar se eu viraria um grande bonachão sem propósito se continuasse tendo tudo na mão como vinha tendo. All me ensinou muitas coisas. Muitas coisas que ele não deveria me ensinar também. All não era o tipo de filho que um primeiro ministro da magia americano sonhara em ter. Rebelde, desbocado, nem um pouco interessado nos assuntos familiares... All era incrível! E foi nele que me espelhei durante boa parte de minha adolescência. Eu queria ser como All e continuei com o objetivo em mente até que descobri que poderia ser algo mais.


Eu poderia ser melhor que All. Eu poderia ultrapassar os limites dos quais ele temera atravessar a linha. Eu poderia vender minha alma por conhecimentos ocultos. Eu poderia aprender magia de uma forma que nenhum outro bruxo jamais se permitira. All ficaria p*to comigo? Extremamente. Mas quem disse que ele precisava saber? Participei de tantos rituais ocultos em Ilvermorny que acredito que tenha batido alguma espécie de recorde interno. Nunca fui pego. All nunca suspeitou de nada. Nem ele, nem nossos pais. Nem nossos tios e os quatro filhos que eles adoraram. Éramos e ainda somos uma família linda. Nos sentamos todos os dias pela manhã para tomar o café da manhã e conversar sobre as trivialidades do trabalho de meu pai e de nossas vidas perfeitas. Mas a noite... Bom... Eu nunca estava em casa para o jantar.



Este perfil já foi visualizado 52 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 20/09/2019 às 15:47:33