Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Felicidade Jian-Yin Lee 252 23/05/2020 às 22:05:02
Recomeço Jian-Yin Lee 2126 13/03/2020 às 16:50:15
22/02/2020 Duncan Cullen 2532 22/02/2020 às 15:27:50
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 6575 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 5988 22/11/2018 às 18:19:24

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Franca Annika Aingremont [ 17620 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Annika Aingremont
  • Mundo Mágico

  • Mundo Mágico

  • NOME COMPLETO

    Annika Aingremont

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,60m

  • PESO

    55kg

  • OLHOS

    Castanho Claro

  • CABELOS

    Castanho Escuro

  • SEXO

    Feminino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    19 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    31/12/2000

  • SIGNO

    Capricórnio

  • NOME DO PAI

    Robert Aingremont

  • NOME DA MÃE

    Elizabeth Osborn

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Marselha/Franca

  • NÍVEL

Annika Osborn Aingremont. A única de seu nome.

Ora, ora. Um espaço interinho para falar sobre mim! Eu sei que você já ouviu falar meu nome por aí, é muito difícil me esquecer, e mesmo que os boatos não sejam sempre positivos, afirmo que é tudo verdade! Nada escondo sobre minha vida, sou um livro aberto. Venha e pergunte-me algo se for capaz!

Nasci em Marselha, na França, no dia mais importante do ano: 31 de dezembro. Não, não é o último dia do ano! É o MELHOR dia do ano. Como sempre gostei de pensar, é nesse dia que coisas velhas encerram e novas começam. Eu vim para este mundo para viver o novo! Sou filha única de Elizabeth Osborn e Robert Aingremont, o que vem depois que essa história chegou ao fim não interessa, por isso eu sempre serei a única de meu nome.

Mesmo sendo francesa e a vida inteira ouvindo que Beauxbatons era o lugar ideal, foi em Durmstrang que eu escolhi estudar. Em uma história quase perfeita, fui monitora da Romanov por anos e monitora-chefe antes de me formar. Meu objetivo sempre foi ser uma bruxa notável e acredito que esteja no caminho para isso. Dizem que meu temperamento é difícil, que eu sou uma pessoa egoísta, mandona, possessiva e impetuosa. Eu vos digo que isso pode até ser verdade, mas não é justo tratar todas essas características de maneira pejorativa. Eu sou egoísta? Sim. Cuido das minhas coisas com muito, muito zelo. Penso mais em mim que nos outros? Mas é claro! Por que raios eu tenho que pensar em alguém antes de realizar os MEUS objetivos? Isso não signifique que eu seja inescrupulosa – isso é BEM diferente. Não sou do tipo de pessoa que perde tempo arquitetando planos para derrubar ninguém porque acredito que as pessoas sejam incompetentes os suficiente para se queimarem sozinhas.

Qual é a segunda característica mesmo? Mandona. Isso. Eu sou mesmo. Talvez até possa ser um pouquinho da parte pejorativa, mas vamos olhar o copo meio cheio? Eu tenho métodos, confio que a minha forma de enxergar e de ordenar o mundo seja suficientemente boa para assumir o controle das situações. Raras vezes um plano meu não é bem executado. Se é assim, é óbvio que tenho direito de ser mandona, não acham? Não é culpa minha que as pessoas não saibam fazer direito. Agora vamos lá, qual é o próximo? Possessiva. SIM EU SOU POSSESSIVA. O QUE É MEU, É MEU. E pronto. Não tem discussão. De todos os adjetivos, talvez impetuosa seja o que eu mais gosto. Tenho meu quê de violência, de arrebatadora, não há 8 comigo, só 80. Isso é um defeito?

O final da minha adolescência foi um tanto... Confuso (para não dizer desesperador, humilhante e terrível). Meus pais simplesmente resolveram se separar e isso foi péssimo para mim. Sempre nos imaginei como a família perfeita e com isso fechei os olhos e os obriguei a agirem de uma maneira que já não os fazia feliz. Tanto Elizabeth, quanto Robert sempre trabalharam bastante para não me deixar faltar nada e me educaram a risca para que eu pudesse frequentar qualquer lugar que eu desejasse sem me sentir desconfortável. Sei regras de etiqueta, tenho uma boa leitura, minha postura é invejável, sei atuar, cantar, lutar e duelar com bastante presteza. Sou muito boa com armas brancas devido aos treinamentos severos em Durmstrang e ao meu passatempo favorito que eram os voranovs. Talvez, a única coisa que eu não seja de fato boa seja em artes plásticas e quadribol. E xadrez de bruxo também não me faz muito feliz. E tem também poções. Embora eu saiba fazer, não gosto muito. Prefiro rituais. Rituais eu SEMPRE gostei, mas a vida toda meus pais diziam que não era uma coisa para ficar espalhando por aí. Hoje entendo que a prática de rituais não é bem aceita perante a sociedade por simplesmente as pessoas terem medo de dominar certas técnicas.

Continuando a minha história, eu nunca tive grandes traumas nessa vida. Machucados? Sim. Desilusão amorosa? Sim. Só que tudo isso faz parte, não é mesmo? E eu tenho muita sorte também. Por mais que eu nunca me torne alguém da realeza, eu conheci um príncipe encantado que não só me ajuda e me acompanha, como também torna todos os meus dias melhores. Como eu consegui esse feito? Estava muito frio e eu acho que ele não percebeu que meu coração era de gelo e então, quando me abraçou, tudo derreteu de uma vez só.

E agora estamos nós nesse mundão tentando encontrar um lugar e ser alguém na vida.



Este perfil já foi visualizado 131 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 13/02/2020 às 17:24:44