Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Anotações importantes Ivan Shuisky 6479 20/07/2021 às 02:33:17
Entrevista com um bolinho Ivan Shuisky 5631 28/06/2021 às 20:30:35
Sabe aquele negódio de "não sei o que dizer, só sentir"? Por aí Ivan Shuisky 5774 21/06/2021 às 01:10:49
Pra começar do começo Ivan Shuisky 5889 19/06/2021 às 00:47:52
Ano 2 Sophie Agger Karhila 10914 16/01/2021 às 17:17:16

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Franca Joanne Goësbriand-LeBeau [ 18157 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Joanne Goësbriand-LeBeau
  • 1° Ano Brigit
  • 1° Ano Brigit

  • NOME COMPLETO

    Joanne Goësbriand-LeBeau

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,35m

  • PESO

    25kg

  • OLHOS

    Verde Intenso

  • CABELOS

    Ruivo Intenso

  • SEXO

    Feminino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    11 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    02/02/2009

  • SIGNO

    Aquário

  • NOME DO PAI

    Leon Goësbriand

  • NOME DA MÃE

    Loreta LeBeau

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Beauxbatons

  • CIDADE/PAÍS

    Bordeaux/Franca

  • NÍVEL

Da janela de seu quarto era possível vislumbrar um belíssimo rio. Era comum ela se perder em meio aquela paisagem enquanto dedilhava as cordas de seu violino. Olhava para o pôr-do-sol, que adentrava suas janelas e iluminava seu quarto toda tarde, com aqueles raios fracos e belos, dando-lhe uma visão de como aquele astro era divinamente belo, como aquela cidade. Bordeaux era um lugar incrivelmente bonito. Existia em milhares de cartões postais e era conhecido por seus museus, praças pontes, rios e pelas pessoas tranquilas que viviam por ali. Joanne era uma criança tranquila. Sempre o foi. Desde pequena, nunca causou muitos problemas aos pais e, apesar deles acharem estranho, a menina não chorava com facilidade, não esboçava muitas reações esperadas de um bebê, ou sequer tinha as mesmas necessidades que um. Ela cresceu sendo uma menina um tanto introvertida, por ser filha única em uma família que não tinha muito contato com os outros parentes. Seus pais eram bruxos de sangue puro e trabalharam praticamente o dia todo, deixando a menina a maior parte do tempo sozinha. Não era como se Joanne precisasse de alguém, ela sabia se cuidar muito bem. Quando nova, aprendeu a se cuidar, a organizar sua casa, a fazer sua própria comida, isso quando não precisasse correr nenhum risco. Por conta da magia, sua mãe costumava deixar as coisas um tanto mais organizadas, apesar de não ser sempre que a menina tinha o alimento ao seu alcance. Quando não estava divagando por sua vida, aproveitava para tocar o instrumento que ganhou aos cinco anos de idade. Joanne gostava da melodia, dos dedos deslizando pela corda firme, de como aqueles momentos lhe transportavam para outro momento. Parecia algo melancólico para uma criança, mas ela não se importava. Podia-se dizer que não tinha amigos, que quase não saía de casa, mas era como ela se sentia bem. Não precisava de pessoas ao seu redor para se sentir confortável. Em todo caso, mesmo que não fosse seu desejo, a carta de seleção chegou alguns anos depois. Como era de se esperar, a menina iria para Beauxbatons, renomada escola francesa, que traria para a garota, as coisas que lhe faltavam: socialização, convívio com o próximo e, é claro, o conhecimento ao qual ela necessitava para viver no mundo bruxo. A menina sabia que os pais estavam orgulhosos, mas ela própria se sentia um pouco intimidada. Gostava de sua reclusão, de sua solidão e de fazer as coisas quando queria, como queria. Esperava que conseguisse se acostumar à nova rotina que estava por vir, mesmo que, lá no fundo, sabia que seria um enorme desafio.



Este perfil já foi visualizado 147 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 04/12/2021 às 10:24:13