JORNAL LUMMUS

VADUZ, Setembro de 2022

A seleção em Beauxbatons
Entenda como o processo ocorre.

[ img ]


Como se sabe, a Academia de Magia Beauxbatons possui um processo único de seleção dos alunos iniciantes ou daqueles que se transferem para lá. Devido à influência divina das patronas de suas mansões, aqueles que passam por esta etapa, jamais esquecem o momento em que são acolhidos por uma das três Deusas.

Após a viagem de carruagem até o território da escola, os alunos são conduzidos diretamente até o auditório da Academia, finamente decorado para a ocasião. É dito que a escola francesa se adorna não apenas para receber os recém-chegados, mas também devido à importância do evento. Mais do que uma recepção, é uma celebração à escola e às suas protetoras, Brigit, Mélusine e Morrigan, já que, apenas nesta ocasião as três são invocadas ao mesmo tempo.

O começo da solenidade é marcado por chamas coloridas – rosa para Brigit, azul para Mélusine e roxa para Morrigan – envolvendo cada uma das estátuas. Estas chamas aumentam de intensidade e se desprendem de seus locais de origens, partindo em direção ao teto, em formato de triskle. A cena é bela: as chamas dançam no ar em um ritmo intenso, ainda que não haja pressa em terminar o movimento. Quando, finalmente, elas explodem, cada aluno a ser selecionado recebe um pequeno fragmento das chamas. Elas não ardem, muito pelo contrário. O consenso entre aqueles que tiveram essa experiência é de que a sensação inspira puro acolhimento.

As chamas se manifestam nos alunos de duas maneiras diferentes. A primeira, mais óbvia, é no uniforme de cada um: mangas, gravatas e detalhes assumem a cor correspondente da mansão para qual cada um foi selecionado. Ainda mais marcante, entretanto, é a voz que cada um dos alunos ouve, no íntimo de sua mente. Cada deusa acolhe os seus de maneiras diferentes, através de frases em gaulês, remetendo à origem da Academia. Quando o último fragmento de chama desaparece no grupo, as estátuas voltam ao seu estado original e a cerimônia se encerra. Só então eles são conduzidos ao salão de jantar para se reunirem aos seus novos colegas de casa, ouvirem os eventuais avisos da direção e finalmente, poderem ter o primeiro contato com a excelente cozinha de Beauxbatons.

Muito embora este seja o único contato direto dos alunos de Beauxbatons com as Deusas que os protegem, este costuma ser suficiente para que cada um entenda o quão especial é estar dentro da instituto e para que o momento fique marcado em suas mentes mesmo anos após o fim de seu período escolar.


Escrito por: Jules Archambault

582 Visualizações
19/06/2022 às 21:28:29

Cadernos
Notícias
Jornalistas